Resenha do filme : Deus não está morto

Resenha do filme: Deus não está morto

Bate-papo Literário

 Sinopse: Josh Wheaton (Shane Harper) é um estudante que tem sua fé desafiada por seu professor   de Filosofia, Mr. Radisson (Kevin Sorbo), que acredita que Deus não existe.  E exige que todos os seus alunos assinem uma declaração dizendo: “Deus está morto“. Só assim receberão aprovação no final do semestre. Quando Josh se recusa, o professor desafia o jovem a defender sua crença que  Deus está vivo em vários debates durante as aulas.

O filme é bem interessante, bom eu pelo menos achei, pois conta a história de um jovem que tem sua fé questionada, e posto á prova, quando ao ingressar numa aula de filosofia, se depara com uma professor arrogante, que questiona  a existência de Deus, chegando a afirmar  que “Deus está morto“, baseado em suas crenças particulares.

Logo no primeiro dia de aula o professor de Filosofia, Mr. Radisson, pede aos seus alunos para escreverem numa folha…

Ver o post original 300 mais palavras

Anúncios

Resenha do filme : Deus não está morto

 Sinopse: Josh Wheaton (Shane Harper) é um estudante que tem sua fé desafiada por seu professor   de Filosofia, Mr. Radisson (Kevin Sorbo), que acredita que Deus não existe.  E exige que todos os seus alunos assinem uma declaração dizendo: “Deus está morto“. Só assim receberão aprovação no final do semestre. Quando Josh se recusa, o professor desafia o jovem a defender sua crença que  Deus está vivo em vários debates durante as aulas.

O filme é bem interessante, bom eu pelo menos achei, pois conta a história de um jovem que tem sua fé questionada, e posto á prova, quando ao ingressar numa aula de filosofia, se depara com uma professor arrogante, que questiona  a existência de Deus, chegando a afirmar  que “Deus está morto“, baseado em suas crenças particulares.

Logo no primeiro dia de aula o professor de Filosofia, Mr. Radisson, pede aos seus alunos para escreverem numa folha a seguinte frase: “Deus está morto” e assiná-la. O jovem Josh Wheaton, sentindo incomodado com essa situação, questiona o professor, sobre o porque daquela afirmação, e se nega a participar daquela confissão.

Como consequência dessa atitude, o professor exige que o aluno, passe a defender sua versão na frente de toda a classe. Josh se vê diante de um grande desafio, provar que Deus está vivo, mesmo que todas as teorias usadas pelo professor até o momento digam que não. Mas se não bastasse essa situação, ele ainda está enfrentando outras provas, sua família acha que ele não deve por em risco seu futuro acadêmico, por causa desta questão, sua namorada, não o apoia,  e ainda precisa se esforçar ao máximo para não ser reprovado nas demais disciplinas.

Josh fica abalado com essas noticias, e para amenizar esse crise, vai em busca de respostas tanto nos livros, internet, como ainda não tem certeza da sua decisão decide, procurar um revendo para orientá-lo, e a resposta é simples ( Mateus 10:32, 33) diante dessa afirmação, ele adquiri animo novo, de permanecer  firme o seu propósito, o que faz com que sua vida até então calma, passa por grandes mudanças. E essas mudanças passam a influenciar todos que estão ao seu redor.

Agora Josh não quer só apenas provar a existência de Deus,  e sim que Ele está vivo e que lhe deu o livre arbítrio para escolher entre Deus está vivo ou Deus está morto. Afinal ” Porque assim como os céus são mais altos do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos mais altos do que os vossos pensamentos.”

“Não use Deus para os seu sonhos, deixe Deus usar você para os sonhos dEle.” by Fernandinho